Pra quem quiser me visitar....
  • Aïoli no Bistrot du Paradou
  • “Redefinindo Sustentabilidade”: Parabere Forum chega à terceira edição debatendo a igualdade de gênero na gastronomia
  • Lenha no fogão: comida e memória no sul de Minas Gerais
  • A Casa do Porco Bar: Jefferson Rueda finalmente em casa
  • Restaurante Roberta Sudbrack fecha as portas no Rio de Janeiro: o fim pode ser uma ponte?
  • Padaria da Esquina, a nova casa de Vitor Sobral em São Paulo: minhas impressões
  • Provence: o mercado de Saint-Rémy
  • A hora do chá no Le Meurice, em Paris
  • Berlim, de bocado em bocado
Terça, 25 Fevereiro 2014

A Queijaria, em São Paulo

A Queijaria

Apesar das propaladas mudanças na legislação que regulamenta a circulação de queijos artesanais no país, a verdade é que ainda é mais fácil fazer chegar às nossas mesas bons queijos estrangeiros do que exemplares brasileiros produzidos com leite cru. Há uma longa estrada a percorrer até que se tire da obscuridade os bons produtores artesanais espalhados pelos rincões do país, que enfrentam uma árdua luta contra a falta de conhecimento dos legisladores brasileiros e a falta de cultura do mercado consumidor, como comentei nesse post recente. Mas a esperança de dias melhores se renova diante de iniciativas de pessoas que trabalham pra mudar esse panorama. Gente como Bruno Cabral, da empresa Mestre Queijeiro, e Fernando Oliveira, proprietário da loja A Queijaria, inaugurada em São Paulo no ano passado. Esta última é o assunto do post de hoje.

A Queijaria

Aproveitei a última passagem por São Paulo pra fazer uma visita à loja. Em suas prateleiras, há apenas queijos brasileiros, grande parte deles produzida com leite cru. É merecedor de todos os aplausos o esforço empreendido ali no sentido de jogar luz no trabalho realizado por nossos artesãos. A Queijaria faz muito por eles, mas faz também por nós, consumidores, ajudando-nos a conhecer melhor o que o Brasil tem a nos oferecer e, como consequência, relativizar o discurso que muita gente aprendeu a repetir sem questionar: “Se quiser bom queijo, busque fora, pois no Brasil não há”. Entendam bem, não estou aqui pregando ufanismo. Quem quer que tenha a oportunidade de frequentar boas lojas de queijos no exterior sabe que temos muito a evoluir, inclusive, insisto, no que diz respeito à cultura do consumidor brasileiro. Mas há muita coisa boa sendo feita no país. Por que não ter pelo que é produzido aqui a mesma curiosidade com que nos lançamos a experimentar o que é feito na França ou na Itália?

A Queijaria

A Queijaria

A Queijaria

Nessa minha primeira visita à loja, além de trazer um Canastrinha do Zé Mário, que há muito já frequenta minha mesa, descobri uma pérola que ainda não conhecia: o queijo Catauá, produzido em Coronel Xavier Chaves, Minas Gerais. Se lamentei ter levado tanto tempo pra descobri-lo, por outro lado, agradeci ter encontrado quem me tirasse da ignorância com relação a esse belo exemplar da queijaria brasileira. 

A Queijaria

O que lamento de verdade é não ter por perto uma loja como A Queijaria pra me conduzir a outras joias que, como o Catauá, mereçam ser descobertas. Mas, embora eu não seja propriamente uma otimista convicta, saí dali confiante no surgimento iminente de mais lojas como esta.

A Queijaria - Rua Aspicuelta, 35 - Vila Madalena – São Paulo

https://www.facebook.com/aqueijaria

Comentários:
em 26-02-2014
por: Silvana Martins
Melhor do que o queijo de Araxá é o de Cruzeiro da Fortaleza e Patrocínio. Em Belo Horizonte você encontra na Barraca do Ronaldo no Mercado Central.
Esta Barraca tem diversos queijos produzidos em Minas e as Cachaças também.
em 26-02-2014
por: Constance
Obrigada pela dica, Silvana.
em 26-02-2014
por: Alhos, Passas & Maçãs
Constance,
A Queijaria se tornou um daqueles raros lugares essenciais de São Paulo. E o Catauá virou minha mania também.
Mas, a cada visita, descobre-se algo novo: semana passada, foi um queijo de leite cru de cabra, feito em Casa Branca, interior de SP, que é sensacional.
Beijos!
em 26-02-2014
por: Constance
É uma maravilha ter por perto uma loja como essa, Alhos. Fiquei curiosa a respeito desse queijo de leite cru de cabra. Vou ter que esperar a próxima ida a São Paulo pra matar a curiosidade.
em 19-05-2014
por: Maria Breatrix
Olá! Eu adoro seu blog e o sigo há muitos anos, apesar de nunca ter deixado comentários antes. Hoje vim aqui para fazer um pedido. Adicionei este blog ao meu reader. Sabe como é, tempo vai ficando curto pra ir de um em um. Qual não foi munha tristeza de ver que suas postagens, via RSS, não estão completas, só o cabeçalho e o inicio da postagem podem ser vistos :( Gostaria de pedir que vc mude esta configuração, por favor. Sei que o ideal é que se visite a pagina original, mas o reader é um salva-tempo danado. Obrigada
em 19-05-2014
por: Constance
Oi, Maria. Tudo bem?
Seu comentário vai pra minha lista de pendências, pode deixar. De todo modo, observe que tanto através do RSS como da newsletter, você recebe o link do post. É só clicar que você lê na íntegra.
Um abraço,
Constance
em 09-01-2016
por: Clovis lins
Só tem que tomar cuidado com os preços!!! não podem exagerar...
Deixe seu comentário:
© 2012 Pra quem quiser me visitar - Todos os direitos reservados - Design de Branca Escobar

Envie para um amigo:

*
*

Fale comigo:

*

Assinar Newsletter:

Remover email: