Pra quem quiser me visitar....
  • Kødbyens Fiskebar, em Copenhague
  • Relæ, em Copenhague: pequeno notável
  • Pirouette: oásis em Les Halles
  • Du Pain et des Idées: minha padaria do coração em Paris
  • Nordisk Brødhus: meu melhor café da manhã em Copenhague
  • Clamato, a nova casa do chef Bertrand Grébaut em Paris
  • Duas vezes Frenchie: Frenchie to Go e Frenchie Bar à Vins
  • Copenhague em pequenos bocados
  • Artesanal: para onde aponta a cozinha de Roberta Sudbrack em 2014
Segunda, 14 Janeiro 2013

Fromagerie Antony

Bernard Antony

O quão longe vale a pena ir, em busca do melhor queijo? Pra uma apaixonada como eu, nenhuma distância é longa demais. Depois de uma dezena de horas pra vencer um oceano e mais um par delas no trem que me levou de Paris a Estrasburgo, ainda seria preciso percorrer uma hora e meia de estrada até à miúda Vieux-Ferrette, aonde só se chega de carro. Perdido no sul da Alsácia, o vilarejo é morada do affineur que é por muitos considerado o melhor da França – talvez do mundo: Bernard Antony, sujeito de cujas mãos saem os queijos servidos por chefs como Pierre Gagnaire, Alain Passard e Alain Ducasse em seus restaurantes.

Fromagerie Antony

Fromagerie Antony

Fromagerie Antony

Minha intenção era participar da Cérémonie des Fromages, uma degustação conduzida por Antony em torno de algumas dezenas de tipos de queijos, selecionados por famílias e sabores e harmonizados com vinhos de sua própria cave.  Quando soube que não aconteceria nas últimas semanas de dezembro, acomodei minha frustração e fiz reserva pra experimentar o prato de queijos, uma seleção feita pela casa diariamente, disponível na pequena sala de degustação anexa à fromagerie.

Fromagerie Antony

 Um percurso que parte de notas mais sutis como as de um soberbo queijo feito com leite de ovelhas de Albi – descobri que a cidade deu ao mundo mais do que o gênio de Toulouse-Lautrec – a sabores mais pungentes, como o do Coulommiers. Os dois, aliás, figuraram entre meus favoritos naquele prato, junto ao Munster e ao Beaufort.

Fromagerie Antony

Mas a grande estrela do almoço veio em seguida, um Comté vieux, resultado de quatro – sim, quatro – anos de affinage. Raro – é dificílimo encontrar um Comté com maturação tão longa – e especialíssimo. Obra de quem entende que as melhores coisas da vida demandam tempo. Por ele, eu percorreria todo o caminho até Vieux-Ferrette novamente.

Fromagerie Antony

Tive oportunidade de trocar algumas palavras com Antony, que achou graça quando lhe perguntei qual seria, entre tantos queijos que habitam suas caves, o seu favorito. Com tremenda naturalidade, respondeu: “Não sei se posso eleger um predileto. Amo todas as minhas crianças.”

 

Fromagerie Antony - 5, rue de la Montagne - Vieux-Ferrette

http://www.fromagerieantony.fr/

 

Comentários:
em 14-01-2013
por: Maria Vargas
Posso imaginar os sabores...salivei do lado de cá! Bem-vinda. bjks
em 14-01-2013
por: Nina
Sonho! Preciso visitar esse lugar!
em 15-01-2013
por: Beto Paschoalini
Vai pra minha listinha de desejos a serem satisfeitos. Parabéns pelas buscas, Constance.
em 16-01-2013
por: Teté Lacerda escapismogenuino.com.br
Alsácia, taí uma região da França que preciso explorar... e este post já me deu um ótimo motivo. esta é uma experiencia gastronomica e tanto. adorei!
em 17-01-2013
por: Paula
Adoro seu blog! Ando consultando para meus passeios gastronômicos de final de semana! Por favor, continue postando!!! Bjs
em 04-03-2013
por: Daniela
Quanto em média gastou p/ fazer essa degustação?
Bela dica!!!
em 04-03-2013
por: Constance
Daniela, essa degustação como a que fiz tem um custo de 14 euros por pessoa.
Deixe seu comentário:
© 2012 Pra quem quiser me visitar - Todos os direitos reservados - Design de Branca Escobar

Envie para um amigo:

*
*

Fale comigo:

*

Assinar Newsletter:

Remover email: