Pra quem quiser me visitar....
  • Provence: o mercado de Saint-Rémy
  • A hora do chá no Le Meurice, em Paris
  • Berlim, de bocado em bocado
  • “Redefinindo Sustentabilidade”: Parabere Forum chega à terceira edição debatendo a igualdade de gênero na gastronomia
  • Lenha no fogão: comida e memória no sul de Minas Gerais
  • Fazenda do Serrote: refúgio na divisa entre Rio e Minas Gerais
  • Restaurante Roberta Sudbrack fecha as portas no Rio de Janeiro: o fim pode ser uma ponte?
  • Padaria da Esquina, a nova casa de Vitor Sobral em São Paulo: minhas impressões
  • The Slow Bakery, o café
Sexta, 23 Outubro 2009

Experiência única no Espai Sucre

Ao selecionar restaurantes a visitar em Barcelona,  não houve dúvida de que um dos lugares que eu não deixaria a cidade sem conhecer era o Espai Sucre.

Pra quem não conhece, trata-se de um restaurante absolutamente atípico, por ser inteiramente dedicado às sobremesas. Salão diminuto e extremamente simples, onde se servem menus cujo protagonista é o lado doce da refeição. Mas não esperem encontrar doçura em excesso nos pratos servido ali. A coisa é sutil, às vezes, subliminar mesmo. A ousadia da cozinha de Jordi Butrón e Xano Saguer está em propor misturas de sabores eventualmente pouco prováveis de se encontrar em uma sobremesa. Jogam com a fronteira entre doce e salgado. Nada ali é lugar comum. E é isso que torna a brincadeira mais interessante. Uma verdadeira experiência.

Como sou chocólatra assumida, peço perdão aos leitores pela pouca imaginação, mas não tinha outra alternativa: tive que optar pelo menu 100% chocolate ou não me perdoaria por perder essa oportunidade.

Chocolate com Vinagre, Fresa, Menta y Pimienta - Creme de chocolate e espuma de menta, envoltos por um anel de chocolate. Coroando, um biscoito de chocolate com pimenta e sorvete de morango. Pouquíssimo açúcar. Sensação de estranheza e prazer numa só bocada.

Trufa, Mantequila, Avellana y Cacao – Biscoito de avelã com uma camada de gelatina de trufas, sorvete de manteiga, finíssimas fatias de brioche dourado no azeite e crocantes de cacau e trufas. O sabor remetia a terra. A sensação inicial era a de que faltava açúcar para lembrar de que se tratava, de fato, de uma sobremesa... Mas foi ficando melhor a cada colherada. Ao fim, eu queria bis.

Barra Energética de Chocolate, Helado de Pan Negro, Tanzanie 75% y Albahaca – Bolinho úmido de chocolate coberto por um sensacional sorvete de pão negro alemão. Ao lado, uma barra de chocolate que cobria um creme de chocolate com manjericão que eu dispensaria. Naturalmente, a mais doce das três sobremesas. E, ainda assim, pouco doce. Um espetáculo.

 

Espai Sucre - Carrer Princesa 53 – Born
www.espaisucre.com

Deixe seu comentário:
© 2012 Pra quem quiser me visitar - Todos os direitos reservados - Design de Branca Escobar

Envie para um amigo:

*
*

Fale comigo:

*

Assinar Newsletter:

Remover email: